Dois mortos em duplo atentado na Universidade Islâmica de Islamabad


 

Lusa / AO online   Internacional   20 de Out de 2009, 12:29

Dois homens fizeram-se hoje explodir nas instalações da Universidade Islâmica de Islamabad causando pelo menos dois mortos e duas dezenas de feridos, informaram responsáveis policiais paquistaneses.
As explosões registaram-se numa cafetaria feminina e numa sala de aula do departamento de Lei Islâmica da Universidade, situada nos arredores de Islamabad. Segundo o superintendente da polícia Abdul Ghafar Quaiserani, dois bombistas suicidas fizeram-se explodir quase em simultâneo.

Pelo menos duas pessoas morreram e 20 ficaram feridas, segundo a mesma fonte.

Entre 3.000 e 4.000 estudantes estavam na Universidade no momento dos ataques, segundo testemunhas citadas pela cadeia privada Dawn.

A Universidade Islâmica Internacional foi criada nos anos 1980 e acolhe cerca de 12.000 estudantes, metade dos quais do sexo feminino. A maioria dos estudantes é estrangeira.

O Paquistão tem sido abalado por uma série de ataques de radicais islâmicos nas últimas semanas. As autoridades atribuem este aumento de ataques à ofensiva militar em curso contra os bastiões talibãs da província do Waziristão do Sul, no noroeste do país.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.