DocLisboa exibe filme sobre kuduro e criatividade musical dos angolanos


 

Lusa /AO Online   Nacional   14 de Out de 2009, 12:30

A criatividade e a dedicação dos angolanos ao kuduro é retratada, através da história do DJ Buda, no filme "Luanda, fábrica e música", de Inês Gonçalves e Kiluanje Liberdade, que passa no sábado no festival DocLisboa.
O documentário, que integra a competição portuguesa de longas-metragens, centra-se no estúdio de DJ Buda, um conhecido produtor e músico de Luanda que se dedica ao kuduro, mas o filme acaba por ser um retrato da juventude luandense e a sua relação com aquele estilo musical.

"É emblemático do que são os jovens em Luanda, são muito batalhadores pelos seus sonhos", disse à agência Lusa Inês Gonçalves, que rodou o filme com Kiluanje Liberdade no Verão de 2008.

No filme, os realizadores acompanham a vida de DJ Buda no seu estúdio num musseque nos arredores de Luanda e o processo de gravação das dezenas de miúdos que por lá passam para cantar um poema, por cima de uma batida de kuduro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.