Direção-Geral do Orçamento publica hoje execução orçamental até novembro


 

Lusa/AO Online   Nacional   23 de Dez de 2013, 05:30

A Direção-Geral do Orçamento publica hoje os dados da execução orçamental entre janeiro e novembro deste ano, com os números do défice das administrações públicas em contabilidade pública (fluxos de caixa).

As contas que serão divulgadas não apresentam os valores que contam para Bruxelas, em contabilidade nacional (os gastos ou recebimentos são imputados ao ano económico a que se referem e não necessariamente à altura em que o dinheiro sai ou entra efetivamente em caixa).

Os valores darão no entanto um retrato mais fiel se Portugal fica perto de cumprir as metas do défice em contabilidade pública que tem de cumprir a cada trimestre, e para o final do ano, que são uma das metas quantitativas para o FMI.

O limite máximo para o final do ano imposto pela ‘troika’, de défice em contabilidade pública, é 8,9 mil milhões de euros e em outubro este valor atingia os 6.409 milhões de euros.

A execução orçamental dará ainda indicação da evolução da acumulação de dívidas em atraso, outro dos critérios quantitativos do programa em contabilidade pública, que tem dado dores de cabeça ao Governo.

A ‘troika’, nos seus relatórios de avaliação da oitava e nona avaliações, deixou o aviso que estes valores continuavam a subir, especialmente devido a algum descontrolo nos hospitais empresa.

O acordo com a ‘troika’ obriga a que este valor não possa aumentar de modo algum, mas depois de uma queda nestes valores, devido a programas especiais de regularização de dívidas, estes terão voltado a aumentar no primeiro e segundo trimestres deste ano.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.