Saúde

Daniel Serrão distinguido com o Prémio Nacional de Saúde


 

Lusa/AO online   Nacional   4 de Out de 2010, 18:21

A Direcção Geral da Saúde (DGS) distinguiu hoje o médico e investigador Daniel Serrão com o Prémio Nacional de Saúde pelos “contributos inequívocos” para o desenvolvimento da Anatomia Patológica em Portugal e para “o prestígio das organizações de saúde”.
O director geral da Saúde salientou o trabalho desenvolvido pelo médico e bioeticista no âmbito da ética e o seu empenho na “primeira grande reflexão do Serviço Nacional de Saúde”.

“O trabalho do professor Daniel Serrão é reconhecido por todos como muito importante no âmbito da ética, mas também presidiu a um conceito de reflexão sobre a reforma da saúde em Portugal que teve a maior importância na segunda metade dos anos 90”, adiantou Francisco George.

Daniel Serrão foi distinguido pelos “contributos inequívocos prestados no decurso do seu desempenho profissional” por um “júri independente”, constituído por Walter Alfred Osswald, pelos bastonários das Ordens dos Médicos, Pedro Nunes, e dos Farmacêuticos, Carlos Maurício Barbosa, e pelo director do Instituto de Higiene e Medicina Tropical, Paulo Ferrinho.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.