Cristas defende descontos nas portagens no“estatuto de benefício fiscal” para o interior

Cristas defende descontos nas portagens no“estatuto de benefício fiscal” para o interior

 

AO Online/ Lusa   Nacional   22 de Set de 2019, 20:20

A presidente do CDS-PP reiterou este domingo, na Guarda, a defesa de um estatuto fiscal para o interior do país, apontando que deve incluir uma compensação para os residentes "através de descontos nas portagens".

"É preciso ter uma aposta na agricultura, no apoio aos agricultores, em particular estes que fazem vendas mais diretas, as chamadas cadeias curtas de distribuição, mas isso passa por uma aposta no mundo rural, na valorização do mundo rural, na valorização das pessoas que continuam a ocupar o nosso território", disse Assunção Cristas.

Para que tal seja possível, a líder do CDS-PP referiu que "uma das propostas muito fortes" do seu partido é "a criação de um verdadeiro estatuto de benefício fiscal para o interior" do país.

Segundo Assunção Cristas, a criação de um estatuto de benefício fiscal para o interior significa que o partido considera que "as pessoas que trabalham e que vivem no interior, nomeadamente da terra [agricultura], deverão pagar metade da taxa de IRS" e "se tiverem uma pequena empresa deverão pagar apenas 10% de taxa de IRC".

Os residentes devem também ser "compensados pela interioridade através de descontos nas portagens e também nos títulos de transporte e nos custos com o transporte", acrescentou.

A líder do CDS-PP falava aos jornalistas, na Guarda, durante uma visita à Feira Farta, um evento anual que reúne cerca de 420 produtores e tem como objetivo valorizar o mundo rural e divulgar os produtos locais.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.