Criança ferida após despiste no Rali da Graciosa


 

Nuno Martins Neves   Motores   15 de Jul de 2019, 09:25

A 11.ª edição do Rali da Graciosa ficou marcada pelo despiste do FordFiesta R5 do piloto Cláudio Bettencourt, que acabou por provocar ferimentos numa criança de 12 anos que estava a assistir à prova pontuável para Troféu de Ralis de Asfalto dos Açores, organizada pelo Terceira Automóvel Clube.

O incidente ocorreu no sábado, durante a 4.ª classificativa, quando o Fiesta R5 (alugado a Luís Rego Jr.) derrapou numa curva e bateu numa placa de madeira, que acabou por atingir a criança que se encontrava posicionado em segurança. Devidos aos ferimentos na cabeça, o jovem graciosense acabou por ser evacuado para o Hospital Divino Espírito Santo, em PontaDelgada, onde ontem foi operado, encontrando-se fora de perigo. A organização do rali fez questão de acompanhar o evoluir da situação clínica do jovem.

Cláudio Bettencourt, que estava a celebrar os 10 anos de ralis, explica o acidente: “Vínhamos rápidos, sem cometer erros, mas numa curva onde o carro precisava mais de apoio, a sujidade fez com que a viatura escorregasse. Não fujo às responsabilidades, as notas estavam bem, eu cometi um erro”, lamentou.


Em termos desportivos, Filipe Pires, em Mitsubishi Lancer Lancer Evo X foi o grande vencedor do rali.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.