Criança abandonada na Austrália encontra-se com avó


 

Lusa / AO online   Internacional   25 de Set de 2007, 12:39

A criança de três anos, abandonada pelo pai numa estação de comboios australiana há nove dias, chegou hoje à Nova Zelândia e encontrou-se com a avó materna, enquanto a polícia procura o pai nos Estados Unidos.
O Departamento de Serviços Humanos do Estado de Victoria (Austrália), cuja capital é Melbourne, indicou que a menina, Qian Xun Xue, está em Auckland ao cuidado dos serviços de assistência social neozelandeses e já se encontrou com a avó.

A avó de Qian Xun Xue tem ainda de reconhecer e recuperar o corpo da filha Annie Liu, de 27 anos, mãe da criança abandonada.

A avó também espera conseguir a custódia da única neta, Qian Xun Xue, para ir viver para a cidade chinesa de Changsha, na província de Hunan.

A criança, a quem os «media» australianos puseram o nome de “abóbora” devido à marca de roupa que vestia quando foi abandonada, é possivelmente a única testemunha da tragédia que envolveu os pais.

O pai, Michael Xue, um editor neozelandês de 54 anos que residia em Auckland e com antecedentes criminais de violência doméstica, viajou com a criança a 13 de Setembro para Melbourne, onde dois dias depois a abandonou numa estação de comboios.

O circuito fechado das câmaras de vídeo da estação de Southern Cross gravou o momento em que o homem deixou a criança sozinha e se foi embora para apanhar um avião para Los Angeles, Estados Unidos, onde se confirmou que chegou nesse mesmo dia.

Três dias depois, a polícia neozelandesa encontrou o cadáver de Annie Liu na mala do automóvel da família estacionado em frente à casa desta e lançou um mandado de captura contra o pai, que continua a monte.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.