Açoriano Oriental
Covid-19: Madeira sem novos casos positivos, mantem 34 casos ativos

A Madeira mantém este domingo os mesmos 34 casos de covid-19 reportados no sábado, registando um cumulativo de 141 doentes confirmados, informou o Instituto de Administração da Saúde (IASaude).

Covid-19: Madeira sem novos casos positivos, mantem 34 casos ativos

Autor: AO Online/ Lusa

“Hoje não há novos casos positivos a reportar, pelo que a região mantém o total cumulativo de 141 casos confirmados de covid-19”, pode ler-se no boletim epidemiológico divulgado pela autoridade regional de saúde.

Na mesma nota, o IASaude refere que a região tem presentemente “34 casos ativos, dos quais 33 são casos importados identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas no Aeroporto da Madeira”.

Também menciona que estas pessoas estão em isolamento, 25 numa unidade hoteleira, seis em alojamento próprio, existindo ainda dois doentes hospitalizados Unidade de Internamento Polivalente dedicada à covid-19 e um permanece na Unidade de Cuidados Intensivos do hospital do Funchal.

O documento da autoridade regional de saúde madeirense recorda que “até ao dia 22 de agosto, foram contabilizadas na Madeira 1.600 notificações de casos suspeitos de covid-19, dos quais 1.459 não se confirmaram”.

Outro dado mencionado é que neste momento estão a ser acompanhadas em vários concelhos da Madeira 18.355 pessoas através da aplicação MadeiraSafeToDiscover, estando 7.556 em situação de vigilância ativa.

Sobre a operação de rastreio montada aos viajantes na chegada aos aeroportos e portos do arquipélago, o IASaude indica que foram efetuadas um total de 35.901 colheitas para teste até às 18:00 de hoje.

A Madeira continua a ser a única região do país onde não ocorreu qualquer morte provocada pelo novo coronavírus.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 805 mil mortos e infetou mais de 23 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.796 pessoas das 55.597 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.