Contributo de portugueses para publicações científicas sobre o mar aumentou nos últimos anos

Contributo de portugueses para publicações científicas sobre o mar aumentou nos últimos anos

 

Lusa/AO online   Nacional   22 de Nov de 2012, 14:10

O contributo dos investigadores portugueses para publicações científicas na área do mar tem aumentado "significativamente" nos últimos anos e Portugal regista um retorno de investimento "muito elevado", refere hoje o Centro de Oceanografia.

Numa nota hoje divulgada, o Centro de Oceanografia avança que, atendendo ao número de habitantes do país, o contributo de Portugal "ainda é mais acentuado".

Nos últimos oito anos, os investigadores portugueses participaram em mais de cinco mil publicações em revistas internacionais.

Desde 2005, o número anual de publicações por 100 mil habitantes "é equiparável aos contributos da Holanda ou do Reino Unido", acrescenta o Centro.

O instituto concluiu que, "analisando o investimento nacional em investigação e desenvolvimento, Portugal tem um retorno, em termos de publicações científicas, muito elevado comparativamente a outros países europeus com grande tradição de investigação na área do mar".

A produção em ciências marinhas resulta de atividades desenvolvidas em 13 instituições e o Centro de Oceanografia tem 140 investigadores e contribuiu com cerca de 600 estudos publicados ao longo dos últimos oito anos, o que representa 12% do total nacional.

Segundo o Centro, os avanços de conhecimento obtidos na área do mar contribuem para a promoção de novas tecnologias em produção de energia, aquicultura, pesca, turismo, defesa ou conservação da biodiversidade, para o desenvolvimento sustentável e para a valorização de recursos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.