Açoriano Oriental
Conselho de Ilha de São Jorge diz que deslocação de especialistas médicos é "escassa"

O Conselho de Ilha de São Jorge, que junta representantes civis e políticos, quer que o Governo dos Açores regule anualmente o número de idas de especialistas médicos à ilha e a sua periodicidade, atualmente "escassa".

article.title

Foto: Paulo Faustino/Arquivo AO
Autor: Lusa/AO Online

Numa nota enviada ao Governo dos Açores, e à qual a agência Lusa teve hoje acesso, o conselho sustenta que "a vinda de especialistas continua a ser escassa face à procura e, em algumas especialidades, mesmo inexistente, tais como cirurgia, neurologia, pediatria ou reumatologia".

"O que fez o Governo Regional dos Açores sobre este assunto?", interroga o órgão, na missiva enviada ao executivo regional nas vésperas da visita estatutária que o Governo dos Açores vai realizar a São Jorge entre quarta-feira e sexta-feira.

Ainda no campo da Saúde, o conselho de ilha quer saber para quando se prevê o início de obras do Centro de Saúde de Velas, defendendo, todavia, que se deveria avançar para um novo centro de raiz e não "continuar a investir-se num edifício que não pertence ao Governo Regional e que não tem espaço para ser ampliado".

Sobre as fajãs da ilha, que caracterizam São Jorge, os conselheiros dizem esperar do executivo açoriano "um empenho e um investimento semelhante ao da paisagem protegida da vinha do Pico, que muita dinâmica e valor tem criado” para a ilha vizinha.

E questionam: "Em que fase de desenvolvimento se encontra? Que instrumentos legislativos, financeiros, físicos ou humanos pretende o governo criar? De que forma serão envolvidas as organizações do poder local e as pessoas que habitam nos locais de atuação do Plano de Ação? Para quando o início efetivo e visível do referido plano [de ação da reserva da biosfera das fajãs de São Jorge]?".

Transportes, agricultura, obras públicas e solidariedade social são outras áreas que motivaram perguntas dos jorgenses ao Governo dos Açores, cabendo aos secretários com as respetivas pastas dar as respostas na reunião do conselho de ilha, agendada para quarta-feira.

O Governo dos Açores inicia na quarta-feira uma visita estatutária de três dias à ilha de São Jorge, a primeira de 2020, ano de eleições regionais no arquipélago.

Em cada ano, o executivo regional visita as ilhas do arquipélago para contactar com a sociedade civil, económica e política, sendo São Jorge a primeira ilha a receber em 2020 a visita dos governantes socialistas.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.