Concurso para arquitetura da prisão lançado em fevereiro

Concurso para arquitetura da prisão lançado em fevereiro

 

Luís Pedro Silva   Regional   12 de Nov de 2018, 06:58

Secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, desloca-se esta segunda-feira a Ponta Delgada para acelerar os procedimentos para a construção da nova prisão.

Qual o objetivo da sua visita esta segunda-feira a Ponta Delgada?
Vou a Ponta Delgada acompanhada por técnicos do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça para recolher dados que precisamos de obter para lançar o procedimento para a contratação do projeto de arquitetura. Também vou reunir com alguns parceiros nos Açores.

Existe algum calendário para execução do projeto de arquitetura, lançar o concurso público e iniciar a construção do estabelecimento prisional?
Sim. Neste momento podemos dizer que a primeira fase para a construção do novo estabelecimento prisional já se iniciou, com a celebração de um protocolo com a Faculdade de Arquitetura de Lisboa para a elaboração do projeto base, que vai permitir em fevereiro, lançar o procedimento para a contratação da arquitetura e especialidades.
Também lançamos o procedimento para a remoção das bagacinas que estão no terreno onde vai ser construído o futuro estabelecimento prisional. Trata-se de um trabalho intenso, que vai demorar cerca de dois anos, para remover um cone vulcânico. Enquanto o terreno não estiver preparado não podemos iniciar a construção do edifício.


Leia a entrevista na íntegra na edição desta segunda-feira, 12 de novembro, 2018, jornal Açoriano Oriental





Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.