Açoriano Oriental
Concluída operação de retirada de bovinos vivos da ilha do Corvo

O secretário regional da Agricultura e Florestas anunciou que o Governo dos Açores já concluiu a operação de retirada de todos os bovinos vivos indicados pelos produtores da ilha do Corvo, ultrapassando assim as limitações na circulação de animais a partir do Grupo Ocidental, criadas na sequência da passagem do furacão Lorenzo pelos Açores.

article.title

Foto: GaCS/SRAF
Autor: AO online

“No total, foram retirados da ilha do Corvo 92 bovinos, sendo que 82 tiveram como destino a expedição para o continente português e os restantes foram enviados para a ilha Terceira”, revelou João Ponte, citado em nota do executivo regional.

O Secretário Regional acrescentou que “alguns destes animais seguiram esta semana para o território continental, tendo aguardado pela ligação marítima na ilha do Faial, onde foram alvo de uma total salvaguarda do seu bem-estar e de acompanhamento médico veterinário”.

Relativamente à ilha das Flores, João Ponte afirmou que o Governo dos Açores continua a desenvolver todos os esforços para escoar, no mais curto espaço de tempo, os animais que estão indicados para sair da ilha.

“No início desta semana procedemos também à retirada de mais 57 bovinos e, hoje mesmo, partiu da ilha das Flores um contentor refrigerado com 44 carcaças de vitelões abatidos localmente”, adiantou João Ponte.

 Desde a passagem do furacão Lorenzo, no início de outubro, já foram expedidos do Grupo Ocidental, que compreende as ilhas do Corvo e das Flores, um total de 606 bovinos, em carcaça ou vivos, existindo ainda animais na ilha das Flores por expedir, que se prevê que sejam transportados em próximas viagens marítimas, caso as condições de mar o permitam.

  

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.