Açoriano Oriental
Comissão açoriana sobre transportes marítimos prorroga prazo para entrega de relatório
A Comissão Parlamentar de Inquérito aos Transportes Marítimos nos Açores aprovou hoje, por unanimidade, a prorrogação do prazo para a entrega do relatório final, devido à demora na receção de documentos.
article.title

Foto: PSD Açores
Autor: Lusa/AO Online

"A decisão da comissão foi prorrogar o prazo para entrega do relatório por 20 dias, atendendo a que estão pendentes documentos importantes", justificou João Bruto da Costa, presidente da comissão de inquérito, que tinha anteriormente como prazo de conclusão dos trabalhos o dia 30 de dezembro.

Segundo o responsável, os deputados continuam a aguardar as respostas do presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro (que, por sua vez, aguarda o levantamento da imunidade por parte do Conselho de Estado), e uma peritagem do Laboratório Nacional de Engenharia Civil ao cabeço de amarração que rebentou no porto de São Roque, num acidente que vitimou mortalmente uma pessoa.

A comissão vai também receber um levantamento sobre as condições dos cabeços de amarração nos portos açorianos.

A Comissão de Inquérito aos Transportes Marítimos foi criada para investigar, além de investimentos no setor, os incidentes ocorridos em três portos do arquipélago em 2014, em que rebentaram cabeços de amarração.

Um dos acidentes provocou a 14 de novembro a morte de um passageiro da Transmaçor em São Roque do Pico, quando o homem foi atingido por um cabeço de amarração.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.