Divisão A1Feminina

Clube K passa com dificuldade primeiro grande teste

Clube K passa com dificuldade primeiro grande teste

 

Arthur Melo   Voleibol   31 de Out de 2009, 00:03

A equipa feminina de voleibol do Clube K somou a terceira vitória no campeonato mas apenas levou de vencida o Gueifães no recurso à "negra"

A equipa feminina de voleibol do Clube K passou, com alguma dificuldade, o primeiro teste da presente temporada, depois de derrotar esta sexta-feira à noite, no seu Pavilhão, a congénere do Gueifães.

Antes da partida, as duas equipas somavam por vitórias os dois encontros entretanto já disputados e as esperadas dificuldades perante as aguerridas equipas do norte do país aconteceram.

O terceiro triunfo da equipa micaelense - em igual número de jogos - apenas aconteceu no quinto e último parcial, altura em que o Gueifães baixou por completo os braços e sentiu-se impotente perante a determinação do Clube K.

A equipa de Luiz Sousa entrou a vencer o primeiro parcial por 25 - 19 e os números já deixaram bem patentes que este não haveria de ser um jogo de passeio.

Com um bloco eficaz e um abnegação defensiva própria das equipas nortenhas, o Gueifães foi também criando dificuldades no ataque que foram desmontando a bem estruturada defesa baixa do Clube K.

A par disso, o escorregadio piso do Pavilhão Sócio Educativo da Kairós foi uma dificuldade acrescida para as duas equipas, o que levou a que a defesa baixa de ambas as equipas fosse menos eficaz, com especial destaque para as micaelenses, que têm nesse capítulo do jogo uma das suas grandes armas.

A reacção forasteira foi bem evidente no segundo parcial e embora tivessem estado quase sempre em desvantagem, as meninas de Luiz Sousa souberam manter a frieza e o discernimento necessário para encurtar a desvantagem e alcançar a igualdade aos perigosos 24-24, conseguindo nas vantagens vencer o segundo set (27-25).

Embora a vencer por dois sets a zero, a vitória no jogo não era um dado adquirido, como se veio a verificar nos dois parciais seguintes.

Aproveitando da melhor forma os erros defensivos e com desacertos posicionais ao nível do bloco, o Gueifães conseguiu reduzir e igualar o marcador (21-25 e 23-25) e levar a decisão do jogo para a "negra".

No derradeiro parcial o aspecto mental foi determinante e com uma entrada em jogo forte e bastante determinada, o Clube K cedo amealhou a confortável vantagem para fechar um difícil jogo de forma categórica (15-6), perante o desânimo e desalento das forasteiras que venderam bem caro a derrota e valorizaram, bastante, o triunfo do Clube K, após duas horas e vinte minutos de jogo intensamente disputado.

Esta sábado, pelas 18h00, o Clube K volta a entrar em acção pelas 18h00, defrontando desta feita a equipa do Ala Gondomar, equipa que já venceu um jogo e perdeu outro esta temporada.

Antes, pelas 15h00, no Pavilhão Sócio Educativo da Kairós, a formação masculina cumpre mais um compromisso para a Divisão A2, defrontando o Ala Gondomar, equipa que em quatro jogos apenas venceu um.

A formação de Mário Vargas soma por vitórias os quatro encontros disputados, sendo um dos actuais guias do campeonato.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.