Cerca de 40 pessoas detidas por branqueamento de capitais e tráfico de droga


 

Lusa / AO online   Internacional   2 de Out de 2010, 13:54

O ministério do Interior espanhol anunciou hoje a detenção de 41 pessoas, suspeitas de estarem envolvidas em negócios relacionados com branqueamento de capitais e tráfico ilegal de droga.

De acordo com os mesmos responsáveis, alguns dos detidos serão alegadamente membros do grupo rebelde colombiano, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

As autoridades adiantaram igualmente que a investigação foi iniciada em agosto de 2008, quando foram alertadas para a transferência de elevados montantes de dinheiro, cerca de 200 milhões de euros, a partir de Espanha e com destino para a Colômbia e Equador.

Na detenção estiveram envolvidos mais de 250 agentes e cães-farejadores especializados na deteção de notas.

A investigação decorreu em várias cidades espanholas, como Madrid, Barcelona e Saragoça, cerca de 30 residências foram invadidas e mais de 250 quilos de cocaína foram apreendidos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.