Cerca de 3500 euros separam a Musiquim de concretizar projeto artístico

Cerca de 3500 euros separam a Musiquim de concretizar projeto artístico

 

Miguel Bettencourt Mota   Regional   4 de Mar de 2019, 09:18

Associação não consegue apoios para trazer a Companhia de Música Teatral à ilha e registar em documentário parte de um projeto que vai às escolas promover a preservação dos oceanos.

Não poder contar com um apoio a rondar os 3500 euros para passagens aéreas significa que a Musiquim - Associação Musicoteatral dos Açores dificilmente conseguirá levar a efeito - pelo menos nos moldes em que o idealizou - um projeto artístico que visa promover a preservação dos oceanos e a sustentabilidade ambiental junto de crianças e escolas da ilha de São Miguel através do teatro, enquanto procura projetar a imagem da Região nessa ação.

O +MARe, como se chama o novo projeto da Musiquim, comporta três fases e é a última que corre o risco de não se concretizar. 


Ler mais na edição desta segunda-feira, 4 março 2019, jornal Açoriano Oriental


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.