Ambiente

Central geotérmica suspensa em São Miguel

Central geotérmica suspensa  em São Miguel

 

Lusa/AO online   Regional   20 de Dez de 2011, 17:57

A SOGEO anunciou ter “suspendido o funcionamento da Central Geotérmica dos Cachaços-Lombadas”, Ribeira Grande, S. Miguel, Açores, depois de detectado “um ligeiro aumento da temperatura da água de uma das nascentes”, usada no abastecimento de agua as populações.
“A água estava com uma temperatura mais elevada que o habitual e tinha uma composição química também modificada e a nascente foi desactivada de imediato”, afirmou João Carlos Nunes, que integra a equipa técnica que acompanha o projecto geotérmico em S. Miguel.

João Carlos Nunes acrescentou que “continuam a ser realizadas diariamente análises químicas, para ver a evolução da situação e detectar a origem do problema”.

A SOGEO (Sociedade Geotérmica dos Açores), do grupo da eléctrica açoriana (EDA), garante, em comunicado, que “destes eventos não resulta qualquer diminuição da qualidade de serviço no abastecimento de água ou electricidade às populações, nem quaisquer riscos para a saúde e segurança de pessoas e bens”.

Além disso, “a Secretaria Regional do Ambiente e do Mar, a Câmara Municipal da Ribeira Grande e a SOGEO decidiram que vão realizar uma nova captação de água para o reforço do abastecimento de água às populações e permitir o adequado funcionamento da Central Geotérmica”, adianta.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.