Câmara da Ribeira Grande distingue figuras insignes do concelho com a Medalha Municipal de Mérito

Câmara da Ribeira Grande distingue figuras insignes do concelho com a Medalha Municipal de Mérito

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   26 de Jun de 2019, 16:29

A Câmara da Ribeira Grande vai atribuir a Medalha Municipal de Mérito – Grau Ouro, a Ferdinando José Ferreira, João Manuel da Silva Cabral de Melo e a Manuel Nunes Coelho (a título póstumo), na sessão solene comemorativa do 38.º aniversário de elevação a cidade, agendada para o próximo sábado, dia 29 de junho, pelas 18 horas, no Teatro Ribeiragrandense.



A sessão solene comemorativa do 38.º aniversário de elevação da Ribeira Grande a cidade terá como orador convidado o escritor Onésimo Teotónio Almeida, natural da freguesia do Pico da Pedra, adianta nota de imprensa da autarquia. A cerimónia conta ainda com um momento a cargo do Conservatório Regional de Ponta Delgada.


No domingo, dia 30 de junho, destaque para a procissão em honra de São Pedro (procissão que se realiza apenas de sete em sete anos) que percorrerá as principais artérias da freguesia a partir das 18h30, acompanhada pelas filarmónicas Nossa Senhora das Victórias (Santa Bárbara), Santíssimo Salvador do Mundo (Ribeirinha), Voz do Progresso (Conceição) e Triunfo (Matriz).


Segundo explica a nota, Ferdinando José Ferreira nasceu a 15 de abril de 1938, na freguesia de São José, em Ponta Delgada, onde concluiu o curso do magistério primário em 1957, iniciando a carreira docente, na Ribeira Grande, em 1960. Neste concelho, também exerceu o cargo de delegado escolar de 1975 a 1992.


Foi presidente da junta de freguesia da Matriz, vereador e secretário da Assembleia Municipal. Desempenhou ainda diversos cargos em instituições socioculturais e instituições particulares de solidariedade social.


João Manuel da Silva Cabral de Melo nasceu na freguesia da Matriz, Ponta Delgada, a 13 de dezembro de 1946, onde concluiu o 7.º ano do liceu, ingressando depois, em 1965, na Direção Geral das Contribuições e Impostos. Passou por todos os níveis de chefias até atingir o topo da carreira, como gestor tributário.


Em 1989, iniciou o voluntariado na Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande, como presidente do Conselho Fiscal, passando depois para presidente da Mesa da Assembleia Geral. Em 1994, tomou posse como provedor, função que exerceu durante vinte anos. Para além disso, foi fundador e dirigente de várias associações sediadas em Ponta Delgada e na Ribeira Grande.


Manuel Nunes Coelho nasceu a 12 de setembro de 1910, em Pedrógão Grande (Leiria). Veio para São Miguel em 1935, fixando-se na Ribeira Grande, onde viria a falecer a 29 de agosto de 1986. Em vida, desenvolveu uma intensa e bem-sucedida atividade comercial e foi um filantropo distinto.


Possuiu estabelecimentos de comércio a retalho de retrosaria, vestuário e outros, para além de se dedicar ao negócio de importação/exportação de leguminosas. Foi presidente da filarmónica Triunfo e um dos que mais contribuiu para a aquisição da sede social. Foi provedor da Santa Casa da Misericórdia da Ribeira Grande entre 1963 e 1972 e foi presidente do Ideal Sport Clube, clube que em 1965 alterou o nome para Sporting Clube Ideal. Pertenceu também aos corpos diretivos dos Bombeiros Voluntários da Ribeira Grande.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.