Crime

Cadáver de mulher encontrado junto à Barrinha


 

Lusa/AOonline   Nacional   20 de Out de 2008, 15:50

Um cadáver de uma mulher em adiantado estado de decomposição foi encontrado  numa vala hidráulica da Barrinha de Esmoriz por um popular, disse à Lusa fonte dos bombeiros.
O alerta foi dado às autoridades pelas 10:30, quando um morador passeava o cão na Rua do Cais, próxima da Estação de Caminhos-de-Ferro, e este o conduziu à margem da vala, onde estava o corpo a boiar, sobre um fundo lodoso.

    De imediato alertou a GNR, que se deslocou ao local e confirmou tratar-se de um cadáver humano, tendo o corpo sido removido pelos Bombeiros de Esmoriz para o Hospital de São Sebastião, após a presença do delegado de saúde.

    De acordo com a descrição feita à Lusa por uma fonte dos Bombeiros de Esmoriz, a mulher, de estatura média, aparentava ter cerca de 30 anos e estava toda nua, tendo apenas uma pulseira no braço gravada com o nome de “Luciana”, um cordão de missangas num tornozelo e um crucifixo de madeira ao pescoço, além do que aparentava ser um garrote ou fivela num dos braços.

    O caso passou para a alçada da Polícia Judiciária, que isolou temporariamente a zona e esteve a recolher indícios.

    É ainda desconhecida a identificação do corpo, não tendo sido comunicado à GNR qualquer desaparecimento recente na zona, de acordo com fonte daquela força de segurança.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.