Buraka Som Sistema fora do prémio "Artista favorito da Europa"

Buraka Som Sistema fora do prémio "Artista favorito da Europa"

 

Lusa/AOonline   Cultura e Social   4 de Nov de 2008, 10:32

Os Buraka Som Sistema ficaram de fora da corrida ao prémio "Artista favorito da Europa" atribuído pela MTV, galardão ao qual concorriam com músicos de mais de vinte países, anunciou a estação de televisão.
Os cinco finalistas deste prémio são Leona Lewis (Reino Unido), Shiri Maimon (Israel), Finley (Itália) Emre Aydin (Turquia) e Dima Bilan (Rússia).

    O vencedor será anunciado quinta-feira à noite em Liverpool, Reino Unido, na 15/a edição dos Prémios Europeus de Música da MTV.

    Os Buraka Som Sistema foram eleitos pelos espectadores da MTV Portugal como o representante da música portuguesa ao prémio de Artista Favorito da Europa.

    Tal como aconteceu em Portugal, em cada um dos 23 canais regionais da MTV na Europa foi eleito um representante candidato a este prémio.

    A votação decorreu na Internet, no site internacional da MTV, e os cinco finalistas marcarão presença quinta-feira em Liverpool.

    Os votos nos Buraka Som Sistema não foram suficientes para bater nomes como Leone Lewis, cantora inglesa de 22 anos, que já vendeu mais de um milhão de cópias do álbum de estreia "Spirit", ou o cantor russo Dima Bilan, que venceu a última edição do Festival da Eurovisão.

    Os Buraka Som Sistema concorriam ao prémio numa altura em que acabam de editar o álbum "Black Diamond", que têm apresentado ao vivo em Portugal e no estrangeiro.

    Até ao final do ano, o álbum é editado no mercado internacional, ocasião para uma série de actuações no Reino Unido e Alemanha.

    Os Buraka Som Sistema surgiram há dois anos e lançaram um EP - "From Buraka to the world" - com um punhado de canções, entre as quais "Yah", que combinam o balanço do kuduro de Angola com a forte batida electrónica das pistas de dança e que lhes deu fama em Portugal e, sobretudo, na Europa.

    O kuduro é a matriz do grupo, é o que lhes dá a identidade, mas João Barbosa, Andro Carvalho (Conductor), Rui (Riot) e Kalaf garantem que Buraka Som Sistema não é um grupo de kuduro: é um grupo que produz música electrónica e para o qual escolheu aquele ritmo de Angola.

    "Black Diamond" foi gravado entre Lisboa e Luanda, mas os 12 novos temas transportam dois anos de experiências acumuladas em palcos estrangeiros, do Reino Unido à Dinamarca, e contaminações musicais ecléticas do baile funk, do techno ou do dancehall.

    No álbum de estreia participam, por exemplo, a cantora M.I.A e Puto Prata no tema "Sound of kuduro", Deize Tigrona em "Aqui para vocês" e Dj Znobia em "Luanda/Lisboa".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.