Açoriano Oriental
Buraco fumegante causa espanto em Santa Maria

Foi descoberto por um popular um buraco fumegante que parecia uma fumarola, numa ilha vulcanicamente extinta. Fenómeno estará ligado a depósito de biomassa

article.title

Foto: Sandra Reis/O Baluarte
Autor: Rui Jorge Cabral

A descoberta por um mariense de um buraco fumegante no solo, no dia de Carnaval, causou espanto, por parecer uma fumarola. Isto numa ilha onde a atividade vulcânica está considerada extinta há milhões de anos. Segundo a responsável do Parque Natural de Santa Maria, o fenómeno deverá estar ligado à libertação de gases de um depósito de biomassa.

Segundo noticia o jornal ‘O Baluarte’ de Santa Maria, o buraco fumegante foi descoberto por Márcio Cabral enquanto passeava na zona do Barreiro da Faneca. Em declarações ao jornal ‘O Baluarte’, Márcio Cabral refere que “primeiro pensei que alguém tivesse estado a fazer uma queimada e tivesse deixado o lume aceso, aproximei-me para o apagar e quando cheguei junto, vi que o fumo vinha de dentro da terra, de um buraco, com diâmetro de cerca de 30 cm de onde está a sair calor e um cheiro intenso”.

Mais tarde, acrescenta o jornal ‘O Baluarte’, Márcio Cabral voltou ao local e notou que o chão estava “a abater um pouco naquela área” e que entretanto tinha surgido mais um buraco fumegante. As autoridades foram ontem ao terreno verificar o fenómeno e também em declarações ao jornal ‘O Baluarte’, a diretora do Parque Natural da Ilha de Santa Maria, Rita Câmara, afirma ser “muito pouco provável, para não descartar completamente a possibilidade, que se trate de um fenómeno vulcânico. A ilha de Santa Maria está considerada como de vulcanismo extinto há milhões de anos e o último registo de atividade vulcânica foi há 4 milhões de anos. Por isso, a probabilidade de ser um fenómeno vulcânico é muito remota”.

Para Rita Câmara, o mais provável é o buraco fumegante resultar da decomposição natural de biomassa, que terá sido enterrada naquele local e cuja libertação de gases se estará a fazer através dos buracos encontrados a fumegar.

O jornal ‘O Baluarte’ refere ainda que uma equipa do CIVISA irá a Santa Maria para analisar os gases que estão a ser libertados e se estes têm algum tipo de perigo.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.