Sociedade

Bispo do Porto apela à solidariedade para fazer face à crise


 

Lusa/AO online   Nacional   4 de Out de 2010, 11:36

O Bispo do Porto apelou à solidariedade de todos os portugueses para fazer face à crise e destacou o apoio das associações e instituições, católicas ou não, que vão dando respostas aos problemas
"Estes tempos que estamos a viver, e os que se avizinham, vão ser duros, e temos que viver em solidariedade, todos" afirmou o Bispo do Porto, Manuel Clemente.

À margem de uma conferência, no Bombarral, em que falou sobre as relações entre o Estado e a Igreja, domingo à noite, o Bispo sublinhou o problema do desemprego no norte do país “que continua muito grave” e destacou o papel de “muitas associações e instituições, também católicas, que apoiam e que vão dando alguma resposta”.

Com a implementação de mais um pacote de medidas de austeridade, Manuel Clemente alertou para a necessidade de “respostas estruturais” com vista à superação “destes tempos em que tudo o que é a solidariedade social, não apenas em termos estatais, mas, antes de mais, dos cidadãos, tem que funcionar, necessariamente”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.