Sociedade

Berta Cabral valoriza observação de baleias como componente da oferta dos Açores

Berta Cabral valoriza observação de baleias como componente da oferta dos Açores

 

LUSA/AOnline   Regional   5 de Nov de 2011, 16:19

A presidente do PSD/Açores, Berta Cabral, reconheceu hoje a crescente importância económica da observação de baleias nos mares das ilhas, mas alertou para a necessidade de apoios públicos a uma atividade que precisa de “andar mais depressa”.

Em declarações aos jornalistas depois de contactos nas Lajes do Pico com empresários do setor, Berta Cabral indicou que a observação de baleias (Whale Watching) mobiliza anualmente no arquipélago cerca de 40 mil visitantes, proporcionando uma receita entre 15 a 20 milhões de euros por ano.

Estamos perante uma atividade nascida no Pico como alternativa à interrupção da caça à baleia que terá muito a ganhar se for abrangia por “algum incentivo de apoio, não de substituição da iniciativa privada”, considerou.

Para a líder regional do PSD, por essa via “talvez possamos andar mais depressa com maior retorno e com maior vantagem para os Açores”.

Berta Cabral sublinhou que nas empresas que desenvolvem essa atividade, tal como nas outras áreas em geral, há uma “falta de liquidez”, que justifica alterações aos mecanismos de incentivos, especialmente no que se refere a adiantamento de apoios.

A presidente do PSD/Açores realçou ainda a queixa dos empresários do turismo em matéria de dificuldades associadas ao elevado custo das passagens aéreas nas viagens para o arquipélago.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.