Açoriano Oriental
Banca
BdP fixa taxas máximas dos créditos pessoais em 20,2% no 4.º trimestre
As taxas aplicadas aos créditos pessoais não podem superar os 20,2 por cento no quarto trimestre, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP), em nota sobre as taxas aplicáveis aos contratos de crédito aos consumidores.

Foto:
Autor: Lusa/AO online
No crédito pessoal, a entidade liderada por Carlos Costa impõe taxas máximas de 6,8 por cento em empréstimo que tenham por finalidade educação, saúde e energias renováveis, assim como locação financeira de equipamentos. Nos outros créditos pessoais, o valor máximo foi estabelecido em 20,2 por cento.

Já no crédito automóvel, a locação financeira ou aluguer de longa duração de carros novos pode ter uma taxa máxima de 8,5 por cento enquanto em usados foi estabelecida em 9,8 por cento.
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.