Atlânticoline lançou novo concurso para construção de dois navios


 

Lusa/AO online   Regional   22 de Set de 2011, 18:19

A Atlânticoline anunciou o lançamento de um novo concurso para a construção de dois navios para operar nas ligações entre Faial, Pico e S. Jorge, nos Açores, mantendo as condições que suscitaram críticas dos estaleiros nacionais.
“Os critérios mantêm-se, sempre achamos que estavam bem”, afirmou Carlos Reis, presidente da Atlânticoline, empresa que gere o transporte marítimo de passageiros e viaturas entre as ilhas dos Açores, acrescentando que o concurso pretende seleccionar “estaleiros com capacidade técnica e financeira”.

No anterior concurso, encerrado em Agosto depois da desistência do único estaleiro convidado a apresentar proposta, algumas das condições exigidas suscitaram fortes críticas da Associação das Indústrias Navais, para quem essas condições inviabilizavam a participação dos estaleiros nacionais.

Carlos Reis considerou que o novo concurso “tem boas probabilidades de sucesso”, salientando que se pretendem dois navios que permitam garantir as ligações entre as ilhas do Triângulo durante todo o ano em condições de segurança e conforto.

Os navios sofreram, no entanto, mudanças, aumentando três metros em cumprimento, que passou a ser de 40 metros, o que permite também aumentar em quatro toneladas a carga que podem transportar, ainda que o peso global tenha descido 13 toneladas.

Um dos navios aumenta a capacidade de 300 para 333 passageiros e de seis para oito viaturas, enquanto o outro mantém a capacidade para 12 viaturas, mas aumenta a lotação de 228 para 246 passageiros.

O tempo de construção também aumenta, passando de 450 para 540 dias no primeiro caso e de 540 para 600 dias no segundo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.