Associar nome da SATA à promoção dos Açores prejudica Região

Associar nome da SATA à promoção dos Açores prejudica Região

 

Ana Carvalho Melo   Regional   18 de Out de 2018, 10:50

O anúncio, esta semana, de que os aviões da Azores Airlines serão “cartão-de-visita da Região” motiva crítica dos empresários


O presidente da Câmara do Comércio e Indústria dos Açores (CCIA) criticou a associação do nome da SATA à promoção do destino Açores, defendendo que esta poderá prejudicar o turismo na Região.


“Associar o nome dos Açores à SATA nas circunstâncias atuais pode ser uma situação que, em vez de beneficiar, prejudique a imagem do arquipélago, uma vez que as pessoas são sensíveis à qualidade do serviço e a tónica da SATA nos últimos tempos não é o que queremos transmitir como imagem dos Açores”, afirmou Mário Fortuna.


O representante dos empresários referia-se às declarações da secretária regional dos Transportes e Obras Públicas, Ana Cunha, que na segunda-feira - na cerimónia de batismo do segundo Airbus A321neo da Azores Airlines - afirmou que os aviões da companhia passarão a servir como cartão-de-visita da Região, contribuindo assim para a divulgação e promoção das ilhas.


Mário Fortuna reagiu a estas declarações defendendo ser necessário melhorar o serviço da Azores Airlines antes de a associar à promoção turística.


Leia mais na edição desta quinta-feira, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.