Artista coreano cria escultura metáfora da ilha

Artista coreano cria escultura metáfora da ilha

 

Paula Gouveia   Cultura e Social   25 de Mar de 2019, 09:21

Peça de grande dimensão do escultor Lee Hun Chung é metáfora da harmonia entre o homem e a natureza. Será revelada no dia 28, no Open Day da residência artística no Pico do Refúgio

“A viagem só existe porque há regresso, se não há regresso, não é uma viagem, é apenas partir”, diz Lee Hun Chung. O artista coreano, há quase um mês em residência artística no Pico do Refúgio, está, pois, “em viagem”, o que para o escultor é o mesmo que dizer que está no período do ano em que, num outro país que não o seu, fora do seu estúdio onde se dedica à cerâmica, se permite experimentar novos materiais e criar a partir da inspiração que retira deles.


Ler mais na edição desta segunda-feira, 25 março 2019



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.