Aprovada legislação para facilitar doação de órgãos


 

Lusa / AO online   Internacional   19 de Mai de 2010, 18:59

O Parlamento Europeu aprovou esta quarta-feira em Estrasburgo uma nova lei comunitária que visa facilitar a doação e transplante de órgãos na União Europeia, onde em média morrem diariamente 12 pacientes em lista de espera.
A directiva aprovada esta quarta-feira por esmagadora maioria – com 643 votos a favor, 16 contra e 8 abstenções - estabelece normas comuns de qualidade e segurança para a colheita, o transporte e a utilização de órgãos humanos a nível da UE, assegurando uma melhor compatibilidade entre dador e receptor, tendo agora os Estados-membros dois anos para a transpor para o direito nacional.

Com esta nova legislação, pretende-se sobretudo responder à actual escassez de órgãos, de modo a que os doentes que precisam de um transplante não tenham de esperar tanto tempo pela operação.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.