Açoriano Oriental
Covid-19
APAV abre centro temporário para mulheres vítimas de violência doméstica

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) abriu esta segunda-feira um centro temporário de acolhimento de emergência, na Grande Lisboa, para mulheres vítimas de violência doméstica, com capacidade para até 35 pessoas, devido à pandemia da covid-19.


APAV abre centro temporário para mulheres vítimas de violência doméstica

Autor: Lusa/AO Online

Em comunicado, a APAV referiu que o centro é “um equipamento provisório que deverá funcionar nos próximos três meses, extensíveis por mais três”, consoante a evolução pandémica em Portugal.

A infraestrutura irá servir mulheres que sejam vítimas de violência doméstica, acompanhadas ou não de filhos até aos 18 anos.

Em colaboração com o Ministério da Saúde, o centro temporário de acolhimento de emergência possui um posto de rastreio da covid-19, com quartos de espera e de confinamento.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.