Açoriano Oriental
Antiga maioria PSD/CDS já falhou a meta do défice em 2015 diz Santos Silva
O ministro dos Negócios Estrangeiros defendeu que o anterior executivo PSD/CDS-PP já falhou a sua meta de défice para este ano, num discurso em que advertiu que o tempo não está para radicalizações mas para compromissos.
article.title

Foto: MIGUEL A. LOPES/LUSA
Autor: Lusa/AO online

 

Esta posição foi transmitida pelo "número dois" da hierarquia do novo executivo minoritário socialista, Augusto Santos Silva, no encerramento do debate do programa do XXI Governo Constitucional e pouco antes de a esquerda parlamentar ter chumbado a moção de rejeição apresentada pelo PSD e CDS-PP.

Augusto Santos Silva frisou que o atual Governo tudo fará para que Portugal feche este ano com um défice abaixo dos três por cento, libertando o país do procedimento por défice excessivo da União Europeia, mas deixou um aviso: "Uma coisa é certa. A antiga maioria PSD/CDS, que falhou o seu próprio objetivo orçamental em 2011, em 2012, em 2013 e em 2014 também falhou a meta de 2,7 por cento que fixou em 2015", disse.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.