Açoriano Oriental
Ananás não deixou de se vender mas preço caiu 50%

O Ananás dos Açores valorizou-se muito com o aumento do turismo e apesar das vendas não terem deixado de se realizar, sobretudo para o mercado nacional, os efeitos da pandemia levaram a uma baixa no preço

premium

Autor: Rui Jorge Cabral
As vendas de Ananás dos Açores não foram muito afetadas com a pandemia de Covid-19, mas o mesmo já não se pode dizer do preço, que nalgumas alturas, nomeadamente março e agosto, sofreu quebras da ordem dos 50 por cento por quilo no preço pago ao produtor. Em declarações Açoriano Oriental, ...
PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.