Açoriano Oriental
Açores aumentam limite máximo de capturas de goraz por embarcação

O Governo dos Açores decidiu aumentar o limite máximo de capturas de goraz permitidas por embarcação até ao final do ano, passando de 2% para 3% da quota global anual atribuída à região, correspondente a cerca de 17 toneladas.

Açores aumentam limite máximo de capturas de goraz por embarcação

Autor: Lusa/AO online

A decisão consta de uma portaria publicada hoje em Jornal oficial e resulta de "uma solicitação da Federação das Pescas dos Açores, após auscultação das associações federadas", explica a Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia.

A quota anual atribuída aos Açores para 2020 corresponde a 543 toneladas, sendo que os pescadores açorianos ainda dispõem de 148,5 toneladas de quota até ao final do ano.

Segundo uma nota divulgada pelo Governo Regional, "desde o início do ano, a primeira venda de goraz já rendeu cerca de cinco milhões de euros aos pescadores açorianos, registando-se um preço médio de 12,50 euros por quilo".

O secretário regional do Mar, citado numa nota divulgada pelo executivo, sublinha que esta alteração tem como objetivo “utilizar a totalidade da quota numa altura do ano em que esta espécie é mais valorizada na primeira venda” e salientou que os pescadores açorianos têm feito uma “gestão racional e inteligente” desta quota, “uma forma de pescar menos e vender melhor”.

Gui Menezes refere que esta medida de gestão da quota permite aos pescadores açorianos “obterem mais rendimento com esta pescaria”, recordando que a medida já tinha sido implementada no ano passado “com sucesso”.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.