46 portugueses retidos naTailândia


 

Lusa/AOonline   Nacional   1 de Dez de 2008, 14:04

Há 46 portugueses retidos na Tailândia e países vizinhas devido à crise política que afecta o país, disse hoje à agência Lusa fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.
  Segundo a mesma fonte, 25 cidadãos nacionais regressaram entre Domingo e hoje, restando ainda 46, "todos bem, contactados e contactáveis".

    Destes 46, alguns estão em países como o Camboja, Laos e Vietname, porque foram em roteiros turísticos cujo regresso se faz através da capital tailandesa, Banguecoque.

    Segundo a fonte do gabinete de António Braga, "é possível que haja mais portugueses" na zona, que ainda não apareceram porque o dia dos seus voos de chegada ainda não se aproxima.

    O Governo tailandês anunciou hoje que cerca de 300 mil passageiros, estrangeiros e tailandeses, permanecem bloqueados na Tailândia desde o encerramento dos dois aeroportos de Banguecoque, ocupados por milhares de manifestantes que exigem a demissão do executivo.

    Os milhares de turistas que ficaram retidos na Tailândia estão a ser reencaminhados para outros aeroportos, como o de Utapau, a duas horas de estrada de Banguecoque, mas o quotidiano dentro e fora da cidade permanece tranquilo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.