Nações Unidas

4,7 milhões de dólares para enfrentar crises humanitárias em 2010


 

Lusa / AO online   Internacional   30 de Nov de 2009, 16:44

As Nações Unidas pediram à comunidade internacional fundos no valor de 7,1 mil milhões de dólares (4,7 mil milhões de euros) para enfrentar graves crises humanitárias em 25 países, durante o próximo ano.
Para o Sudão, considerado o país mais necessitado, estão previstos 1,8 mil milhões de dólares (1,1 mil milhões de euros) para "passar de uma fase em que se faz o mínimo indispensável para manter as pessoas vivas e aliviar o seu sofrimento e criar as bases para se deixar a crise", disse a organização.

O Afeganistão surge em segundo lugar na lista dos países beneficiários do apelo da ONU com 871 milhões de dólares (578 milhões de euros), seguido pela República Democrática do Congo (550 milhões de euros), Somália (457 milhões de euros) e os territórios palestinianos ocupados (441 milhões de euros).

O valor global para 2010 é menor do que o aplicado em 2009, ano em que as Nações Unidas pediram 9,7 mil milhões de dólares (6,4 mil milhões de euros) e dos quais recebeu apenas 64 por cento.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.