Turismo

Viagens dos portugueses subiram 2,7% no primeiro semestre

Viagens dos portugueses subiram 2,7% no primeiro semestre

 

Lusa/AO online   Economia   16 de Nov de 2011, 10:46

As viagens turísticas dos portugueses aumentaram 2,7 por cento para 6,2 milhões no primeiro semestre deste ano, face ao homólogo anterior, a grande maioria dentro de Portugal e para visitar familiares/amigos e para lazer, segundo o INE.
As viagens de negócio representaram apenas oito por cento (501 mil viagens) do total daquelas deslocações, segundo o indicador de procura turística dos residentes entre Janeiro e Junho últimos, divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Das 6,2 milhões de viagens registadas, 5,6 milhões tiveram o seu destino no território nacional, revelando um aumento de 3,8 por cento face ao período homólogo de 2010, enquanto as restantes 616 mil deslocações se direccionaram para o estrangeiro, representando uma quebra de 6,9 por cento em termos homólogos.

“A este facto não é alheio o período de retracção económica vivido, com reflexos negativos tanto nas deslocações por lazer como nas profissionais, em que os destinos no estrangeiro são menos procurados devido ao maior custo associado”, destaca o instituto numa nota divulgada.

Dos 6,2 milhões de viagens turísticas registadas, que deram origem a 19,6 milhões de dormidas, quase metade (48,4 por cento) refere-se a visitas a familiares ou amigos, o que traduz um aumento de 18,9 por cento face ao período homólogo de 2010.

Pelo contrário, as viagens por “lazer, recreio ou férias”, que motivaram cerca de 2,3 milhões de deslocações no período em análise, decresceram 13,7 por cento face aos primeiros seis meses do ano passado, mas continuaram a ser o segundo mais forte motivo de viagem dos portugueses (37,4 por cento do total).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.