"Venda de lugares no céu" rende 7.000 euros para apoiar crianças carenciadas

"Venda de lugares no céu" rende 7.000 euros para apoiar crianças carenciadas

 

Lusa/AO Online   Nacional   23 de Dez de 2013, 10:28

A "venda de lugares no céu" promovida pela Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) e por um site de classificados rendeu quase sete mil euros, que irão apoiar 50 crianças carenciadas, segundo dados divulgados hoje pela instituição.

A campanha, promovida em parceria pela Cruz Vermelha Portuguesa e pelo site de classificados custojusto.pt, conseguiu angariar num mês 6.522 euros que irão contribuir para que 50 crianças regressem à escola no próximo ano, segundo a CVP.

A iniciativa, que decorreu entre 20 de novembro e 20 de dezembro, desafiava em tom de brincadeira os portugueses a "garantirem um lugar no céu" e a contribuírem para a campanha de solidariedade.

Aos interessados bastava entrar no site e "comprar um lugar no céu". Os donativos variavam entre os cinco e os 25 euros conforme se tratasse de um terreno ou uma moradia.

Além dos donativos, a empresa contribuiu para a campanha com cinco euros por cada 1.000 anúncios aprovados durante este período.

O T1 duplex com vista para o rio foi dos lugares mais comprados pelos portugueses, revertendo por cada lugar vendido 10 euros para a campanha, segundo a CVP.

Os fundos angariados irão ajudar indiretamente 100 pessoas de famílias residentes em Valença, Braga, Santo Tirso, Santarém, Lisboa e Olhão identificadas pela CVP por "estarem a viver atualmente em condições vulneráveis que obrigaram ao abandono das creches e escolas por falta de pagamento total ou por terem prestações em atraso", adianta a instituição.

Pedro Furtado, diretor do custojusto.pt, mostrou-se satisfeito com a adesão à campanha, considerando que “os portugueses são naturalmente solidários".

"Tínhamos a certeza de que iriam aderir e que iriam 'comprar' muitos lugares no céu”, acrescentou.

Para o presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Luís Barbosa, “o natal é uma época de partilha e solidariedade por excelência, mas é muito gratificante perceber que, ano após ano, os portugueses continuam a ser um povo solidário, aderindo às centenas de iniciativas que acontecem em especial nesta altura do ano”

Em 2012 foram inseridos no custojusto.pt 3,5 milhões de anúncios e registadas mais de 67 milhões de visitas. Atualmente o site conta 800 mil anúncios recentes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.