Um terço dos portugueses admite emigrar devido à crise económica


 

Lusa/AO online   Economia   16 de Dez de 2013, 17:54

Um terço dos portugueses considera a hipótese de emigrar devido à situação fiannceira em Portugal, de acordo com um estudo da Intrum Justitia.

De acordo com os dados do Consumer Payment Report português, divulgado pela primeira vez em Portugal, quatro em cada 10 portugueses ficam sem dinheiro depois de pagar as contas e 29% considera que não tem dinheiro suficiente para uma vida digna.

O estudo, efetuado junto de 10 mil consumidores em 21 países, tem como objetivo entender os seus comportamentos de pagamento.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.