UE depara-se com o maior desafio da sua história

UE depara-se com o maior desafio da sua história

 

Lusa/AO online   Internacional   10 de Out de 2011, 16:29

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, definiu hoje a atual crise económica na União Europeia como o maior desafio da sua história, apelando à coesão entre os Estados-membros e entre os políticos e os cidadãos.

"Apenas unidos conseguiremos restabelecer a confiança na nossa capacidade coletiva", disse Durão Barroso em Bruxelas, na sessão de abertura da Semana Europeia das Regiões e Cidades, a decorrer na capital belga.

Barroso declarou como "indispensável" a participação das cidades e regiões no processo de crescimento da UE, lembrando ainda que a recuperação económica "sem criação de postos de trabalho não faz sentido".

O presidente do executivo comunitário lembrou ainda o pacote legislativo para a política de coesão 2014-2020, apresentado na semana passada, e que tem por principal objetivo promover um desenvolvimento harmonioso do conjunto dos 27 países da UE e, em particular, contribuir para reduzir a disparidade entre os níveis de desenvolvimento das diversas regiões.

Durão Barroso reiterou ainda o apelo à rápida ratificação por parte de todos os Estados-membro do alargamento do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF), e sublinhou ainda a necessidade da recapitalização dos bancos europeus de modo a "prevenir o contágio".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.