"Tarifas de eletricidade baixam em 2019 com os Açores a serem a única Região do país sem aumentos"

"Tarifas de eletricidade baixam em 2019 com os Açores a serem a única Região do país sem aumentos"

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   10 de Dez de 2018, 17:50

A secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo afirmou, esta segunda-feira, que “são esperadas boas notícias” no que se refere às tarifas da energia elétrica para 2019, com os Açores a serem a Região do país onde “nenhuma tarifa aumentará, tendo, inclusivamente, situações de redução”.

Marta Guerreiro, que falava aos jornalistas, no Pico, salientou que a nova proposta de tarifário para 2019 em discussão na ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos prevê para os Açores “uma descida mais acentuada”, de 0,6% na tarifa de Baixa Tensão Normal, “aquela que, grosso modo, se aplica à maioria dos consumidores”.


Há ainda a redução de 0,3% nas tarifas de Baixa Tensão Especial (aplicável a cafés, padarias, restaurantes, etc.) e a manutenção das tarifas de Média Tensão.


Segundo a titular da pasta da Energia, citada em nota do Gacs, “é bastante significativo termos uma redução das tarifas na Região, com um reflexo efetivo nas faturas dos consumidores açorianos”.

 

“Estas reduções têm um significado muito especial porque, traduzindo-se na diminuição das faturas mensais de eletricidade dos consumidores açorianos, dão ainda mais corpo à aposta que temos vindo a desenvolver de eletrificação da economia açoriana”, referiu Marta Guerreiro, reforçando que a aquisição de um veículo elétrico “fica agora ainda mais atrativa”, no âmbito da estratégia de mobilidade elétrica.

 

A governante referiu ainda que estas reduções surgem na sequência da decisão do Governo da República de incorporação de “uma contribuição extraordinária sobre o setor elétrico e de receitas das vendas de licenças de emissão de CO2 para redução dos preços das tarifas do próximo ano”, tarifas que serão publicadas oficialmente a 15 de dezembro.

 

   

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.