TAP mantém compromisso com agências de viagens para melhorar mais e continuar a crescer

TAP mantém compromisso com agências de viagens para melhorar mais e continuar a crescer

 

Lusa/AO Online   Economia   23 de Nov de 2018, 12:35

A TAP garante que as agências de viagens contam com o seu compromisso para "melhorarem ainda mais a qualidade" do seu serviço e continuarem a crescer nas vendas, como até aqui, disse o responsável pelas vendas e marketing.

Depois das críticas do presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), Pedro Costa Ferreira, que disse à Lusa que "a TAP é o maior problema atualmente" para estas empresas devido ao que diz ser a diminuição da qualidade do serviço e pontualidade da companhia, Abílio Martins, reconhece desafios, mas garante que a companhia aérea está "num processo de grande crescimento e transformação".

Questionado pela Lusa sobre uma eventual deterioração do relacionamento da transportadora com os agentes de viagens, o responsável da companhia aérea refere que "a TAP tem uma relação muito próxima, desde a sua fundação, com o setor, sempre baseada no diálogo, na proximidade e no respeito institucional, valores intactos para a TAP".

"Existem parcerias de negócios e relacionamento constantes que permitem gerar crescimento, criar novas oportunidades e mercados e reinventar o próprio negócio, conforme os números e as evidências demonstram. O setor está pujante e continua a crescer, sendo que a TAP tem orgulho de continuar a ser o grande parceiro estratégico das agências de viagem neste setor em grande transformação", salienta.

A prová-lo, Abílio Martins aponta os números de evolução das vendas de bilhetes de avião da TAP pelas agências de viagens. A um mês do final do ano, a projeção da TAP indica que as vendas de bilhetes de avião da companhia por estas empresas vão crescer 20% este ano, face a 2017, nos destinos domésticos, enquanto as vendas para destinos internacionais vão aumentar 6,9% , havendo "muitos destinos internacionais a crescerem a dois dígitos", refere.

"A performance das agências de viagens conta com um 'trend' [tendência] positivo nos últimos três anos", sublinha ainda Abílio Martins, acrescentando que, "com a parceria entre a TAP e as agências de viagem", vão "continuar a crescer em 2019", nomeadamente "com a operação a crescer quer nos voos domésticos, quer nos internacionais".

"Naturalmente, reconhecemos desafios. Muitos, criados por fatores externos, mas no que nos diz respeito, o setor pode contar com o nosso total compromisso de tudo fazer para melhorar ainda mais a qualidade do nosso serviço, conforme mostram os dados de melhoria da operação e satisfação dos clientes registada nos últimos meses", reforça o responsável da TAP.

Na quinta-feira, o presidente da APAVT, quando questionado se tem havido diálogo com a companhia que tem diminuído a presença nos congressos da associação - cujo 44.º decorre nos Açores - Pedro Costa Ferreira respondeu: "Não há como não admitir que a visibilidade da companhia no seio do nosso congresso é hoje menor do que há anos atrás, mas do ponto de vista da representação de um setor e do presidente dessa associação terá de haver sempre abertura para um diálogo futuro".




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.