Liga Sagres

Sporting de Braga sofre primeira derrota

Sporting de Braga sofre primeira derrota

 

Lusa/AOnline   Futebol   7 de Nov de 2009, 21:50

Um golo vistoso do francês Desmarets permitiu ao Guimarães vencer em casa o líder Sporting de Braga (1-0), que sofreu a primeira derrota na Liga de futebol 2009/10, e fugir aos últimos lugares da tabela.

O treinador Paulo Sérgio já tinha avisado que o Vitória de Guimarães seria a primeira equipa a derrotar o vizinho e rival Sporting de Braga no campeonato, mas para isso pediu atitude e alma aos seus jogadores.

O Vitória foi superior, sobretudo na entrega ao jogo, agressividade e empenho, justificando o triunfo - apenas o segundo em 10 jogos -, que representa um autêntico balão de oxigénio para a equipa.

O Sporting de Braga apresentou-se vários furos abaixo do habitual, nervoso, a sentir as ausências na defesa de André Leone e, sobretudo, João Pereira. O seu substituto na direita, Ney, foi várias vezes ultrapassado por Desmarets, principalmente na primeira metade, o melhor período dos homens da casa.

A primeira parte pertenceu quase em absoluto ao Vitória, sempre mais agressivo e acutilante, com Desmarets e Targino a darem o mote pelas alas.

Aos 13 minutos Ney cortou “in extremis” um centro de Targino, que Nuno Assis esperava para encostar, e dois minutos depois Desmarets rematou forte, mas à figura de Eduardo.

O Braga parecia surpreendido pela velocidade da equipa de Paulo Sérgio e raramente conseguiu apresentar o futebol que lhe garantiu a liderança do campeonato e a vitória sobre os três “grandes”, a última das quais sobre o Benfica, por 2-0, há uma semana em casa.

Apenas aos 29 minutos conseguiu uma jogada com princípio, meio e fim e quase marcava, ainda que a equipa de arbitragem tenha erradamente invalidado o lance por fora-de-jogo: centro de Evaldo da esquerda e Mossoró, de cabeça, obrigou Nilson a uma grande defesa para a trave.

Na jogada a seguir (30), o Vitória chegou à vantagem num grande golo de Desmarets: centro largo de Nuno Assis e o médio francês, descaído sobre a esquerda, encheu o pé e a rematar de primeira sem hipóteses para Eduardo.

A oportunidade seguinte também pertenceu aos homens da casa, num remate de ressaca de Andrezinho (33) a rasar o poste da baliza bracarense.

O Sporting de Braga respondeu aos 37 minutos quando Meyong, em boa posição para alvejar a baliza de Nilson, rematou forte, mas ao lado.

No reatamento, o Sporting de Braga assumiu as despesas do jogo, empurrando o Vitória para a sua área, mas sem conseguir criar grandes situações de perigo e permitindo mesmo alguns contra-ataques.

Hugo Viana enviou a bola ao poste (48) num canto directo e, aos 57 minutos, Matheus, à meia volta e no coração da área, rematou muito por cima.

Um remate de Hugo Viana de longe (74) que Nilson defendeu a dois tempos foi o último lance em que o Braga conseguiu ao até fim.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.