Taça UEFA

Sporting de Braga procura qualificação nos Balcãs

Sporting de Braga procura qualificação nos Balcãs

 

Lusa/AO online   Futebol   27 de Ago de 2008, 16:38

O Sporting de Braga joga quinta-feira, no campo do NK Zrinjski, o acesso à Taça UEFA de futebol, duas semanas depois de ter batido a equipa bósnia por 1-0, na primeira mão da última fase de acesso à primeira eliminatória da competição.
No Minho, um golo irregular do austríaco Roland Linz, que marcou com a ajuda da mão, colocou a formação de Jorge Jesus em vantagem na eliminatória e em boa posição de repetir pela quarta época consecutiva um lugar na segunda maior competição europeia de clubes europeus.

    Motivado pela estreia vitoriosa na Liga portuguesa (triunfo por 2-0 no terreno do Paços de Ferreira), o Sporting de Braga partiu desta quarta-feira de manhã para Mostar sem os médios Frechaut, Vandinho e Andrés Madrid, lesionados, e realiza ao final da tarde o habitual treino de adaptação ao relvado do estádio do NK Zrinjski.

    Caso consiga a passagem à primeira eliminatória da Taça UEFA, o Sporting de Braga será cabeça-de-série no sorteio agendado para sexta-feira, em Monte Carlo, no Monaco, juntando-se a Benfica, Marítimo e Vitória de Setúbal no arranque da prova.

    O encontro no Estádio Bijeli Brijeg está agendado para as 18:15 (17:15 em Lisboa) e será arbitrado por Sten Kaldma, da Estónia.

    Nos restantes encontros da ronda, realce para o embate entre os dinamarqueses do Midtjylland e os ingleses do Manchester City.

    Animados pelo resultado surpresa da primeira mão, em que venceram em Manchester por 1-0, os dinamarqueses tentarão manter a vantagem agora em casa, mas o City tem demonstrado estar a subir de forma e ainda é candidato a seguir em frente

    Mias "quente" será a eliminatória entre os gregos do Olympiacos e os cipriotas do Omonia, tanto pela rivalidade entre os dois países, como pela inesperada vantagem da equipa de Nicósia, que se desloca à Grécia com uma confortável diferença de três tentos (3-0).

    Outra equipa que terá de se superar para seguir em frente é o Deportivo Corunha, formação espanhola onde alinha o português Zé Castro, que se desloca à Croácia para defrontar o Hajduk Split e com a necessidade de marcar golos, depois do nulo (0-0) verificado na primeira mão.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.