Sony Ericsson com perdas de 164 milhões de euros no 3º trimestre


 

Lusa / AO online   Economia   16 de Out de 2009, 11:48

A fabricante de telemóveis Sony Ericsson anunciou perdas de 164 milhões de euros no terceiro trimestre, resultado da forte queda das vendas e dos custos de reestruturação da empresa.
Na apresentação destes resultados, a Sony Ericsson assegurou aos accionistas que a empresa beneficiará de uma injecção financeira das casas-mãe.

Em igual período do ano passado, a "joint venture" da LM Ericsson e da Sony Corp obteve prejuízos que rondaram os 25 milhões de euros.

As vendas no período caíram mais de 40 por cento para 1,6 mil milhões de euros, um valor que compara com os 2,8 mil milhões de euros de receita conseguida pela companhia em igual período de 2008.

Em Abril, a Sony Ericsson anunciou que a sua intenção de cortar 2.000 postos de trabalho, o mesmo número de empregos reduzidos em 2008.

No total, o grupo espera reduzir custos operacionais na ordem dos 880 milhões de euros, mas os efeitos das medidas de reestruturação da empresa apenas são esperados na segunda metade de 2010.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.