Sismo no Chile causa pelo menos seis mortos

Sismo no Chile causa pelo menos seis mortos

 

Lusa / AO Online   Internacional   27 de Fev de 2010, 09:06

O sismo registado ao largo do Chile - e que o Instituto Geológico dos EUA elevou para 8,8 na escala de Richter - causou pelo menos seis mortos, segundo a primeira avaliação anunciada pela presidência do país.

O sismo que, segundo o observatório norte-americano teve uma dimensão com "potencial para gerar um tsunami destrutivo que pode atingir a costa mais próxima do epicentro em minutos e as zonas de litoral mais afastadas em horas", foi seguido de uma réplica de 6,2 graus na escala de Richter.

Embora não seja ainda possível verificar a amplitude dos estragos, as agências internacionais descrevem um cenário de ampla destruição com muitos danos materiais.

O fenómeno, com maior intensidade junto à costa do Chile, foi sentido também em países próximos, tendo sido dado o alerta de tsunami nesse país, no Peru e no Equador tendo o Japão reativado o alerta também.

Segundo o observatório US Geological Survey, dos Estados Unidos, o terramoto ocorreu às 03:34 locais (06:34 em Lisboa), com epicentro a 317 quilómetros a sudoeste da capital do Chile, Santiago, a 59,4 quilómetros de profundidade.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.