Açoriano Oriental
Sismo de magnitude 3,8 na escala de Richter sentido na ilha do Faial

Um sismo com magnitude 3,8 na escala de Richter foi sentido, na madrugada desta quarta-feira, na ilha do Faial, adiantou o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA).


article.title

Foto: Açoriano Oriental
Autor: Susete Rodrigues/Lusa/AO Online

De acordo com a entidade, o sismo foi registado às 02h53, com magnitude 3,8 na escala de Richter e epicentro a cerca de 31 quilómetros a oeste do Capelo, na ilha do Faial.

"O sismo foi sentido com intensidade máxima IV (Escala de Mercalli Modificada) em Capelo e Castelo Branco", prossegue o CIVISA.

O sismo foi ainda sentido com intensidade III/IV em Cedros e Salão e intensidade III em Pedro Miguel e Angústias, freguesias da Horta.

A zona oeste do Faial está a registar desde o começo de novembro “um ligeiro incremento” da atividade sísmica, com todos os eventos “com epicentro no mar”, explicou à agência Lusa o presidente do CIVISA.

“É uma das muitas zonas sismogénicas do arquipélago e desde o dia 3 de novembro, sensivelmente desde as 16:00, que se registou um ligeiro incremento da atividade sísmica nesta zona sismogénica, localizada a oeste do Faial, com uma distância entre os 25 e os 35 quilómetros da ilha”, adiantou no início do mês Rui Marques, acrescentando que "este é o terceiro incremento da atividade sísmica neste setor este ano".

Os sismos são classificados na escala de Richter, segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10).

A escala de Mercalli vai de I a XII (I Imperceptível; II Muito fraco; III Fraco; IV Moderado; V Forte; VI Bastante forte; VII Muito forte; VIII Ruinoso; IX Desastroso; X Destruidor; XI Catastrófico e XII Cataclismo)


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.