Seleção nacional recebida em festa com música por uma centena de adeptos

Seleção nacional recebida em festa com música por uma centena de adeptos

 

Lusa/AO Online   Futebol   20 de Nov de 2013, 07:40

Cerca de 100 adeptos venceram o frio e, em festa e com alguma música, receberam no Aeroporto de Lisboa a seleção nacional, que chegou esta madrugada de Estocolmo, onde garantiu a qualificação para o Mundial2014 de futebol.

 

Mesmo com os termómetros a rondarem os cinco graus, mais de uma centena de adeptos juntaram-se na Portela para ovacionar uma já desfalcada seleção portuguesa, que aterrou em Lisboa pouco depois das cinco da manhã e já sem grande parte dos jogadores que atuam no estrangeiro, incluindo Cristiano Ronaldo, que terá ido diretamente para Madrid.

Com a ausência do capitão da equipa das “quinas”, que terça-feira marcou os três golos do triunfo de Portugal sobre a Suécia (3-2), acabou por ser o selecionador nacional, Paulo Bento, o mais procurado pelos adeptos.

Ao som de algumas músicas populares, que foram tocadas por uma pequena banda que também marcou presença no Aeroporto de Lisboa, o técnico fez questão de cumprimentar os adeptos e durante largos minutos distribuiu autógrafos e tirou fotografias.

Também João Moutinho, Varela, Beto e Eduardo fizeram a vontade aos adeptos, acabando o guarda-redes do Sporting de Braga por desvendar um pouco o ambiente vivido no avião, na viagem de regresso de Estocolmo.

“Não diria que houve festa, houve sim um ambiente de dever cumprido, com os jogadores a terem consciência da importância deste objetivo que foi alcançado”, afirmou Eduardo aos jornalistas.

Destaque ainda para a presença do secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, que viajou com a comitiva portuguesa desde a capital sueca.

Na terça-feira, Cristiano Ronaldo colocou a seleção portuguesa no Mundial2014, ao marcar os três golos da vitória na Suécia (3-2), em encontro da segunda mão do “play-off” europeu de apuramento.

O “capitão” luso inaugurou o marcador, aos 50 minutos, e faturou ainda aos 77 e 79, os dois últimos depois de um “bis” de Zlatan Ibrahimovic, aos 68 e 72, dar a volta ao resultado e colocar os escandinavos a um tento do apuramento.

A seleção lusa está, assim, pela sexta vez na sua história, e quarta consecutiva, na fase final do Mundial, cuja edição de 2014 se realiza no Brasil, de 12 de junho a 13 de julho.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.