Santa Clara e Vitória de Setúbal empatam a um golo em jogo bem disputado

Santa Clara e Vitória de Setúbal empatam a um golo em jogo bem disputado

 

AO Online/ Lusa   Futebol   1 de Nov de 2019, 11:28

Santa Clara e Vitória de Setúbal empataram esta quinta feira 1-1 em Ponta Delgada, num jogo da nona jornada da I Liga de futebol bem disputado e em que qualquer das equipas poderia ter vencido.

Com este resultado, as duas equipas continuam separadas pelos mesmos três pontos que distavam no início do encontro. O Santa Clara soma 12 pontos, enquanto os sadinos, que neste jogo estrearam Meyong no comando técnico, ficam com nove pontos.

A primeira parte foi renhida, com ambas as equipas a não terem receio de almejar a baliza contrária e aos cinco minutos de jogo surgiu o primeiro golo, num livre direto em zona central, perto da área, cobrado irrepreensivelmente por Osama Rashid.

O Vitória de Setúbal não sentiu o golo sofrido e Ghilas, aos oito minutos, esteve a centímetros do empate, que viria a surgir aos 12, por Pirri, com uma cabeçada certeira após um canto.

O golo embalou os sadinos, que, aos 13, estiveram perto de passar para a frente do marcador. Lance trabalhado por Carlinhos, disputa na área entre César e Hildeberto e valeu Marco aos açorianos a evitar o golo com uma excelente defesa.

Mas os insulares não se acanharam e o jogo tornou-se aberto e repartido, com as duas equipas a disporem de boas ocasiões para marcarem, não fosse Carlos Júnior, aos 24 e 32, e Fábio Cardoso, aos 28, terem desperdiçado as ocasiões.

Já o Vitória de Setúbal procurava explorar o contra-ataque e conseguiu, por várias vezes, sobretudo através do trio Carlinhos, Mansilla e Ghilhas, levar perigo à baliza à guarda de Marco.

Na segunda parte, o jogo perdeu intensidade e o Vitória apresentou-se melhor, dominando a posse de bola.

Os sadinos estiveram perto do golo aos 65 minutos, por Ghilas, que, já dentro da área, acertou no poste da baliza açoriana.

O Santa Clara conseguiu equilibrar e reagiu três minutos depois, quando Carlos Júnior imitou o avançado argelino e fez a bola embater no ‘ferro’ da baliza visitante.

Aos 76 minutos, Zé Manuel voltou a estar perto de marcar para os açorianos, através de um remate acrobático que causou calafrios' à defensiva sadina.

As duas equipas continuaram a dividir oportunidades, nomeadamente nas tentativas de Semedo para os setubalenses, aos 80, e de Fábio Cardoso para os açorianos, dois minutos depois.

Pouco depois, aos 85, Santana podia ter assegurado a vitória açoriana, não fosse o guarda-redes Makaridze opor-se ao remate do avançado.

O capitão do Vitória de Setúbal, Semedo, foi expulso por acumulação de cartões amarelos, mas, mesmo a ‘mandar’ no jogo, o Santa Clara não conseguiu desfazer o empate.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.