Revista de Imprensa Nacional


 

Lusa/Ao online   Nacional   7 de Dez de 2007, 05:25

A chegada a Portugal do líder líbio Muammar Kadhafi para participar na cimeira UE/África é o tema comum hoje nos jornais que destacam ainda ameaças dos patrões para quebrar acordo sobre aumento progressivo do salário mínimo.
O Diário de Notícias destaca na capa uma fotografia do líder líbio Muammar Kadhafi com o ministro da Defesa, Nuno Severiano Teixeira, titulando "Kadhafi já é estrela antes da cimeira UE/África".

    O líder líbio chegou quinta-feira a Portugal tendo sido recebido também pelo primeiro-ministro José Sócrates.

    O Jornal de Notícias realça uma fotografia do líder líbio com o primeiro-ministro português, escrevendo "Portugal quer maior ligação à Líbia".

    O Correio da Manhã escreve "Petróleo de Kadhafi na mira do Governo português" enquanto o Público titula "Cimeira UE/Áfica: A tenda de Kadhafi".

    O Diário de Notícias faz manchete com o título "Patrões ameaçam não subir salário mínimo", salientando ainda que os parceiros sociais reúnem-se na próxima semana.

    De acordo com o matutino, a Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) ameaça quebrar o acordo sobre o aumento progressivo do salário mínimo dos actuais 403 para 450 euros em 2009.

    Os industriais querem contrapartidas como o limite das indemnizações por despedimento, o fim da contribuição social sobre horas extraordinárias e maior flexibilidade laboral.

    "Presos por obrigar filhas menores a prostituir-se" escreve o Jornal de Notícias, explicando que um casal de Celorico de Basto vivia com o dinheiro que as crianças recebiam.

    "[Alberto] Costa quer explicar empréstimo aos restantes autarcas" e "Segurança da Ribeira vai à PJ contar tudo o que sabe" sobre morte de segurança da noite do Porto são outras chamadas de capa do JN.

    O Público noticia que "Portugal vai crescer em 2008 mais do que a média europeia", realçando que as previsões da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) são optimistas para a economia portuguesa.

    O Correio da Manhã puxa para a capa "Segurança de Pinto da Costa suspeito de crime", revelando que um elemento da claque Super Dragões é suspeito da morte do segurança Ilídio Correia e é presença assídua junto do presidente do FC Porto.

    "Irmãos de empresário assassinado fogem de casa com medo", escreve o 24horas na primeira página, avançando que os familiares do segurança Ilídio Correia vivem escondidos e pediram protecção à polícia.

    O Diário Económico anuncia na primeira página "Procurador-Geral da República recebe [Joe] Berardo na quinta-feira por causa do BCP" no âmbito das investigações em curso sobre alegadas operações realizadas no banco, que podem configurar crime de manipulação de mercado.

    O económico avança também na capa "Caixa [Geral de Depósitos] investigada por abrir contas irregulares".

    Segundo o jornal, a CGD está a ser investigada pelo Banco de Portugal e pela Comissão de Mercado de Valores Mobiliários por alegadas irregularidades envolvendo algumas contas no balcão das Amoreiras, em Lisboa.

    O Jornal de Negócios chama à primeira página "Portugal volta a crescer acima da Europa após 6 anos a divergir".

    O económico faz ainda chamada de capa para uma entrevista ao presidente da empresa Jerónimo Martins, Alexandre Soares dos Santos, na qual diz: "Os políticos e os empresários vivem em círculos fechados e não sabem o que se passa à volta".

    O Semanário faz manchete com o título "`Cheias centenárias´ podem matar mais de cem mil pessoas em 2070", citando um estudo feito pela OCDE para 136 cidades.

    O jornal realça ainda o título "Robert Mugabe concentra atenções da Cimeira" e uma entrevista ao vice-presidente da direcção da Associação da Indústria Portuguesa (AIP) e presidente da Iberomoldes, Henrique Neto.

    O Semanário Económico destaca "Mega projecto de Eriksson [ex-treinador do Benfica] no Algarve foge para Espanha".

    De acordo com o jornal Seven-Goran Eriksson, actual treinador do Manchester City, desistiu da construção de um centro de estágio internacional e três hotéis no concelho de Lagos, no Algarve.

    Na capa, o Semanário Económico realça também uma entrevista ao presidente da Águas de Portugal, Pedro Serra, na qual afirma que "mercado das águas vale 1000 milhões".

    O Jogo anuncia em manchete a possibilidade de José Mourinho regressar a Londres, desta vez para dirigir a selecção inglesa de futebol, estando as negociações para um “contrato fabuloso com a FA (Football Association)” a cargo, na fase inicial, do empresário Jorge Mendes.

    No Record o centrocampista Carlos Martins, ex-Sporting, "parte a loiça" e explica pela primeira vez a saída de Alvalade, acusando os médicos de não o terem conseguido recuperar, arrasando o técnico Paulo Bento e denunciando que alguém do clube enviou recados ao seleccionador Scolari para que o jogador não fosse convocado.

    A Bola continua a dedicar a primeira página ao Benfica e desta vez coloca Luís Filipe Vieira e Rui Costa, sorridentes, a ilustrar o título “Muita fé!”, referindo que tanto o “capitão” como Nuno Gomes “deixam notas de optimismo”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.