Revista de Imprensa Nacional


 

Lusa / AO Online   Nacional   31 de Dez de 2009, 06:06

A afirmação de Noronha do Nascimento de que escutas envolvendo José Sócrates, no âmbito do processo Face Oculta, não revelam "ilícito penal" e o "bloqueio" nas negociações entre sindicatos de professores e ministério estão hoje em destaque na imprensa.

O Diário de Notícias destaca "Presidente do Supremo iliba Sócrates e arrasa juiz de Aveiro", no caso das escutas a Armando Vara.

O presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Noronha do Nascimento, afirma, num despacho, que as escutas envolvendo o primeiro-ministro não revelam "ilícito penal" e critica o juiz criminal de Aveiro por as ter "valorado".

"Telescópio 'Hubble' revela novos sistemas planetários", "Fenprof faz ultimato negocial ao Ministério da Educação", "Câmaras contratam reformados para prevenir crime e vandalismo" e "Vacinação contra a gripe A disparou nas férias do Natal" são outros títulos do DN.

O semanário Sol realça em manchete a frase do juiz de Aveiro, António Gomes: "Estou disponível para esclarecer tudo", referindo-se à destruição ou não das escutas que envolvem José Sócrates.

Em declarações ao jornal, António Gomes, juiz de instrução do processo "Face Oculta", disse estar "disponível para fornecer ao Conselho Superior de Magistratura todas as informações necessárias ao esclarecimento completo e rigoroso da opinião pública".

"A actuação do juiz foi posta em causa nos despachos do presidente do Supremo", escreve ainda o jornal.

O Sol puxa ainda para a capa as frases do líder do PS de Setúbal, Vítor Ramalho: "Cavaco e Sócrates são irmãos siameses" e "o País está sem alma nem projecto".

O semanário Expresso titula "Cavaco reforça agenda política", contando que o Presidente da República tem uma "agenda mais carregada do que em anos anteriores, com grande destaque para os Roteiros que serão em maior número e por todo o País".

O jornal destaca também os títulos "Armando Vara regressa a empresas do BCP já em Janeiro", "Assis aconselha Governo a negociar com a oposição", "Câmaras não têm planos de emergência actualizados" e "Pinto da Costa sabe onde estar, quando estar, o que dizer, quando dizer. Sabe tudo", diz o treinador José Mourinho.

"Segurança Social caça 92 mil devedores" é a manchete do Correio da Manhã, que assinala também "Investigadores do Face Oculta criticam Noronha", "Sindicatos lançam ultimato à ministra [da Educação]" e "Touro à solta na auto-estrada", referindo-se a um acidente na A17 com um camião carregado de vacas.

O i noticia "Igrejas vão ter mais benefícios fiscais em 2010", salientando que "igrejas e misericórdias vão pagar menos IVA", "Sindicatos adiam para Janeiro guerra na educação" e "Presidente do Supremo: “Não há indícios de crimes nas escutas”.

O Público adianta "Famílias pobres com filhos menores vão ter novos apoios", "Alçada não cede nas carreiras, negociação prossegue em 2010", "Habitação com juros mais altos em Dezembro", "PSD desvaloriza o congresso de Santana Lopes" e "As palavras da década".

"Metade das barragens já está à beira da ruptura", avança o Jornal de Notícias, explicando que a "chuva intensa deixou 23 albufeiras acima dos 80 por cento da capacidade de armazenamento".

O diário chama ainda à primeira página o fim de ano com o título "O pôr da década", "Isabel Alçada tem uma semana para salvar acordo" e "'Cartel das cantinas' multado em 14,7 milhões de euros".

O Diário Económico realça "Empresas de crédito rápido contornam novas regras dos juros", "Vento levou 80 por cento dos investimentos agrícolas feitos no Oeste", "IMI vai baixar para quem pedir novas avaliações" e "Não consigo imaginar-me a viver com 450 euros por mês", diz presidente da Confederação da Indústria Portuguesa, Francisco Van Zeller.

Por sua vez, o Jornal de Negócios adianta "Funcionários autárquicos vão ser avaliados", "Professores e Governo falham acordo", "Prestação da casa vai começar a subir" e "Cartel das Cantinas multado em 14,7 milhões".

O 24horas titula "Novo craque do Benfica comia comida estragada para matar a fome", referindo-se ao novo jogador do Benfica Éder Luís, e "Burla no Algarve: Dezenas de miúdos alugaram na Internet casas que não existiam".

Quanto à imprensa desportiva, O Jogo destaca uma entrevista a Éder Luís, que diz: Quero ajudar o Benfica na briga do título". A Bola escreve "Jorge Mendes: Homem do Ano", referindo que o empresário sucede a Nélson Évora, e o Record titula "Luís Figo: Prémio Artur Agostinho Record 2009".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.