Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   17 de Dez de 2008, 05:17

Os efeitos da crise na diminuição do preço de alguns produtos e na redução de impostos camarários são assuntos hoje em destaque na imprensa, que ainda noticia que Dias Loureiro ganhou 7,1 milhões de euros no BPN.
"Maior queda de preços desde 1978 reforça sinais de crise prolongada" escreve o Público, salientando os casos dos gastos com os transportes e comunicações.

    Apesar da queda, os preços subiram, em média, 1,4 por cento em Novembro, face ao mesmo mês do ano anterior.

    O financiamento da investigação científica vai aumentar, escreve o Público, adiantando que 62 centros vão ficar de fora.

    "Câmara [de Lisboa] gastou 463 mil euros em advogados", "Governo recua nas carreiras dos médicos", "PSD confirma candidatura de Santana Lopes" e "TAP incapaz de travar greve dos tripulantes", são outras chamadas de primeira página.

    O Jornal de Notícias escreve em manchete: "Câmaras reduzem impostos a famílias".

    Segundo o jornal, as autarquias vão abdicar de 555 milhões de euros em benefícios aos mais desfavorecidos.

    Noutro destaque, o jornal diz que o clube de futebol Estrela da Amadora vai anunciar ao início da tarde se vai ou não fazer greve.

    O "recuo" do governo nas carreiras médicas e o anúncio da candidatura de Santana Lopes são assuntos que também constam da primeira página do Jornal de Notícias.

    "Dias Loureiro ganha 7,1 milhões de euros no BPN" lê-se no título maior do Correio da Manhã, acrescentando que o valor diz respeito à compra, em 2002, das acções da SLN - Sociedade Lusa de Negócios - detidas pelo conselheiro de Estado por uma empresa liderada por Oliveira e Costa.

    Este jornal realça ainda o incentivo dado pelo Cardeal Patriarca de Lisboa à doação de órgãos, numa visita efectuada ao hospital Curry Cabral, em Lisboa.

    O Diário de Notícias escreve "Gama dá ajuda a Sócrates no desafio a Cavaco", a propósito do presidente da Assembleia da República ter decidido que a votação da confirmação do Estatuto Político-Administrativo dos Açores, vetado duas vezes pelo Presidente da República, se fará por maioria simples.

    Os cientistas dizem que o degelo no pólo Árctico é irreversível, de acordo com a capa do Diário de Notícias.

    ´Bibi´, o arguido do processo Casa Pia com mais acusações, diz que é vítima do sistema e pede pena suspensa, escreve o jornal, que noticia também que os médicos portugueses são os que mais trabalham na Europa.

    O 24horas dedica a primeira página a Vale e Azevedo e a Maniche, depois do jogador do Atlético de Madrid se ter deslocado segunda-feira a Lisboa para depor num processo do clube da Luz contra o antigo presidente.

    O diário realça ainda a acusação pelo Tribunal de Contas do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Valsassina Heitor, devido a actos indevidos.

    O Diário Económico avança a notícia de que os depósitos na Caixa Geral de Depósitos (CGD) atingiram um nível recorde e que foram depositados 1,2 mil milhões de euros em Outubro, no pico da crise, o que equivale a quase cinco vezes mais do que o normal.

    Este diário publica uma entrevista com o ministro do Trabalho, em que Vieira da Silva diz que o plano anti-crise pode criar até 100 mil empregos.

    O Jornal de Negócios diz que na Função Pública, metade dos funcionários trabalham sem objectivos e que as progressões na carreira e atribuição de prémios de desempenho estão em risco no próximo ano.

    Este jornal cita ainda o presidente da Autoridade da Concorrência, Manuel Sebastião, para dizer que as gasolineiras são lentas a fixar os preços dos combustíveis.

    A revista Focus coloca na capa a pergunta: "Pode-se confiar nos laboratórios?".

    A prenda desejada por Liedson, o avançado brasileiro do Spoerting que hoje completa 31 anos, o desejo do avançado hondurenho do Benfica David Suazo e a vontade de Leo, defesa brasileiro do Benfica, de sair do clube estão hoje nas capas dos matutinos desportivos.

    “Renovação seria uma boa prenda” é o título de destaque de O Jogo, com foto de Liedson, referindo o jornal que “o 31 faz hoje 31 anos e abre o coração”.

    Da entrevista ao jogador brasileiro, o matutino desportivo destaca que Liedson “não esquece que há dez anos trabalhava num supermercado” e que está “emocionado por estar a um golo de Yazalde”, um dos maiores nomes da história do Sporting.

    Em A Bola o destaque vai para David Suazo, que, diz o jornal, “só pensa no título”, acrescentando que o avançado hondurenho “quer mais” que o segundo lugar, que por si vale a pré-eliminatória da Champions.

    O matutino adianta que Maxi Pereira e Binya, igualmente do Benfica, pensam o mesmo.

    O Record anuncia que "Léo pode sair de borla", referindo que o clube brasileiro "Fluminense é o destino mais provável do lateral e interesse do lateral deverá ser formalizado já hoje".

    De acordo com o jornal, neste negócios o "Benfica prescinde de indemnização" mas "poupa um milhão eu salários".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.